domingo, outubro 30, 2016

Quem fala a dormir?

Acordei de manhã e o Pedro estava de olhar vidrado, fixado em mim. Assustador...

" Eu com esta cara de cu e ele a olhar para mim" - pensei inocentemente.

- "Susana, sabes o que disseste esta noite?" - inquiriu.

 Medoooo, muito medoooo!!!!É verdade que eu falo muito a dormir. E durmo bastante.  Eu até acho que toda a gente fala mas, aparentemente,  eu consigo ir do simples balbuciar com os olhos revirados de sono,  para conversas completas e selectas, entrecortadas apenas por pequenos roncos devido ao meu desvio do septo nasal.

Já não é a primeira vez que o Pedro me consegue  reproduzir o nosso diálogo sonâmbulo, e confesso que não me sinto muito à vontade porque naquele estado lastimável, o meu interlocutor consegue  conduzir a conversa e perguntar coisas até níveis assustadores...

(Ele nunca me conseguiu tirar esqueletos do armário, mas sei que é uma questão de tempo, mais uns 5 ou 6 anos e vou-me espalhar ao comprido).

- "Sabes o que disseste?" - repetiu. Não percebi se ele estava nervoso ou apenas impaciente, mas como o Pedro é um ser praticamente robótico, sem emoções visíveis, fiquei em modo de hiper-ventilação.

"Que terei eu dito??? Pensa Susana, pensa!! O que fizeste nas ultimas 24 horas que te comprometesse? Ou 48 horas? Ai, pode ser até uma semana, um mês!! ARGHHHHHHHH PENSA!!!!!"

- "Não sei. O que é que eu disse?" - desisti. 

- "Bem, ontem fui deitar-me e como te encolheste, perguntei se estava tudo bem ..." - começou ele.

- "E eu disse o quê? ahhh Nossa Senhora do Pranto ajudai-me nesta hora ahhhhhh!)" 

"Tu disseste-me: DÓI-ME O PÉNIS!!!"

Credo.

"Mas não foi um simples "Dói-me o pénis" - continuou ele." Foi mesmo com ímpeto e vivacidade. " DÓI-ME O PÉNIS!!!! - " imitou ele.

Até hoje. Dou voltas à cabeça.

1.º - Por que raio me doeria o pénis?!
2.º - Por que motivo disse"pénis" em vez de de "picha" ou "mangalho", palavras que me são muito mais  usuais??

Olhei-o receosa. Mas ele ainda não tinha acabado a minha imitação e já se tinha escangalhado todo a rir na nossa cama.


Ufa,ainda bem que falei no meu (?!).  Também nunca falaria de outro, porque não ando propriamente a ver  pénis no meu quotidiano. Mas a realidade é que a dormir, o céu é o limite e caramba, se eu sonho, e muito! "Dói-me o Pénis", na minha humilde opinião, é simplesmente MUITO BOM. Palmas para mim própria.

8 comentários:

redonda disse...

:))))) nada como passar por aqui
não só são as situações incríveis mas a forma incrível como consegues escrever sobre elas, Susana não te conheço, mas sou tua fã, és o máximo :)

L. das horas disse...

Ahahahha eu sou sonâmbula! E digo coisas estranhas desse tipo. MAs se calhar nunca disse uma tão boa quanto essa!

Lily Oakes disse...

Eu faço tudo a que tenho direito durante o sono: falar, ressonar (ou respirar alto, conforme já me foi dito :P), babar-me... you name it. Até há alguns testemunhos de sonambulismo de quando eu era "piquena". Mas... essa é nova. :)

Love Adventure Happiness disse...

Oh pah, o que me ri!!!! O Ricardo normalmente só me chama chata e diz q fazemos o que eu quiser se eu quiser...

Joana disse...

Primeira gargalhada do dia (mais vale tarde do que nunca) :)

Ana Duarte disse...

Terá ele percebido mal? Terá sido mesmo "dói-me"?

Susana disse...

Redondinha, não me conheces mas já nos "falamos" há muito não? Meu Deus, espero que este "há" seja com "h".

Malta, foi "Dói-me o pénis". Continuo a remoer. E obrigada pelos comentários. Pelo Facebook é outra coisa, no blogue é tão mais fofinho.

redonda disse...

acho que é sim :)