quarta-feira, janeiro 29, 2014

A minha Barriga ( parte XXVII)

A semana passada, numa ida simpática ao bairro típico da Cova da Moura, encontro-me com o meu cliente.

Perfil técnico do mencionado cliente:

 - cabo-verdiano de 2ª geração com personalidade francamente criminógena,
 - desconhecimento absoluto das regras básicas de vivência em sociedade,
 - 20 filhos dispersos, mas nenhuma pensão de alimentos, nem um brinquedo nem um par de sapatos entregue às crianças (argumento demolidor: as mães portam-se mal).

Basicamente, uma pessoa encantadora.

Devia-me dinheiro, mas como é usual entre a minha clientela, só se lembrou disso quando foi apanhado novamente pela polícia, acabou por ser solto mas novo processo-crime às costas.

A realidade é que ele estava verdadeiramente aflito. E eu também me dava jeito o dinheiro, daí a minha ida à Cova da Moura, uma vez que ele de tão borrado que estava não saiu durante 2 dias do perímetro da rua dele, escondido atrás de uns canaviais.

Cheguei ao pé dele às 8 da noite, cansada, olheirenta, um caco humano.

Berrei-lhe logo : O MEU DINHEIRO PÁ??!!! NEM PENSES QUE AMANHÃ VOU AO TEU JULGAMENTO! SÓ COM O CU APERTADO É QUE TE LEMBRAS DE MIM NÃO É? PAGA O QUE DEVES!! P-A-G-A!

Ele, numa pilha de nervos, no seu português acrioulado : DÔTORA NÃO MI ESTRESSA!!!!! JÁ ISTOU ESTRESSADO O SUFICIENTE, DOTÔRA NÃO MI ES..

E de repente parou. Arregalou as vistas e olhou para mim com olhos de ver.

"Dotôra" - disse com uma voz surpreendida

 "MAS QUI BARRIGA É ESSA HEIN????! MEU DEUS!!

Num micro-segundo percebi que de tão irritada que estava não tinha contraído a barriga como faço eficazmente desde os meus 14 anos. Estava com uma pança de taberneiro inacreditável,  mesmo com as collants redutoras, o que claramente o perturbou.

O MEU DINHEIRO PÁ!!! - continuei eu, perdendo o meu amor-próprio em prol do pagamento da prestação do carro.

Ele sem tirar os olhos da minha barriga sacou das notas, uma a uma, e entregou-mas, mecanicamente.

Naquele dia um mito caiu e deixei de ser a musa branca e boa dos cabo-verdianos da zona para ser uma pançuda avarenta igual a tantas outras velhas desdentadas da estrada da Damaia.

Mas não faz mal. Continuo com a minha comunidade das Travecas. Para essas serei sempre a Suprema Deusa, afinal basta não ter barba e maçã de adão. Travecas Power 4 ever ( e venham lá as comissões de assistentes sociais da comarca da Amadora fazerem comentários depreciativos sobre os meus textos).


Um grande OLÁ a todos, voltei ao activo! (sem ginástica, claro)

20 comentários:

AnaA disse...

Ainda hoje o meu namorado falou no blogue e tu voltas. Se soubesse que era assim que funcionava, já lhe teria dito para falar mais cedo. Por favor, que retornem as travecas, que já tenho saudades delas :D

(e bem vinda de volta!)

Francesca disse...

Bem venda!
E que belo texto para soltar mais uma gargalhada :)

http://mefrancesca.blogspot.com

Piston Homem disse...

Regresso ao activo?
Por cá esperamos pela tua manifestação semestral.

Ana disse...

lololol. E é tudo. Bem vinda de volta!

blimunda sete luas disse...

Até que enfim!!!! :D

Ana disse...

Yupiiiiiiiii! :-)

snowgaze disse...

Mais uma vez, gargalhada de uma ponta à outra. :) Obrigada.

Anónimo disse...

V-O-L-T-A :)

Sofia

redonda disse...

Um bom regresso ao activo!
(e espero que o activo também seja aqui porque senti falta do sentido de humor)
Gábi

moimeme disse...

Boa!!!

Welcome back!

Andreia Madeira disse...

Ehehehe se fores como eu na gritaria, imagino-te bem na cena!
abreijos! saudades de te ler mulher!

Snail disse...

Aleluia!

Poisoned Apple disse...

Rapariga, não nos desiludas! Volta ao activo, mas com maior frequência!

Uva Passa disse...

Ainda bem que voltas. O que eu me ri com o teu primeiro ou segundo post do cão e da buzina. Vamos a isso. Tamos cá para ver.
Olá, olá.

Susana disse...

Obrigada a todos, pensava que só ia escrever para a mim própria e para a Zélia. Beijos!!

wine, wine and more wine.. disse...

Fuck,my boss thinks iam crazy....i laughed so hard that my tummy still hurts...

wine, wine and more wine.. disse...

Fuck,my boss thinks iam crazy....i laughed so hard that my tummy still hurts...

eureka disse...

Susana, pf escreve com regularidade! É tão bom chegar aqui e ter textos novos para ler!

Carlos Sampaio disse...

Ahahah! Muito bom! No worries! Ainda tens dentes!

Mary P. disse...

Genial!