quarta-feira, abril 28, 2010

Duo Broa de Mel (Susana e José) Parte I

Recebi € 400 de multas da Emel para pagar, por carta registada. Choraminguei-me ao meu colega de escritório José, o que é cego e muito pragmático:

- agora tenho que ir pagar esta m.., diz aqui que se não pagar voluntariamente tiram-me a carta de condução! - solucei eu

- Pagar à EMEL??!! Mas tu és doida? ISSO É UM DESPRESTÍGIO PARA TI ENQUANTO ADVOGADA!! - indignou-se o José

Meti as orelhitas para baixo.

- ainda por cima vem aí o Papa - acrescentou. -Perdão, indulto, amnistia, alguma coisa há-de calhar, disse ele, enquanto rabiscava uma impugnação manhosa pespegada de mentiras.

Não sei o que faria sem ele.

6 comentários:

Pinipóne disse...

Também estou à espera do perdão divino, porque as multas da emel não param de chegar a casa! ;o)

Anónimo disse...

lol muito bom mesmo, colegas assim não há muitos!

Anónimo disse...

Ensina-me a fazer isso por favor que eu tb ja devo muitos € à empresa de estacionamento de Ponta Delgada

blimunda sete luas disse...

Boa! Se tu te livras de 400 €, eu também me devo safar a uns míseros 10€!

Anónimo disse...

Então e depois, como ficou o pagamento? Não vais pagar? Mas podem-te tirar a carta.. medo!!

Cá estou eu, um 8 moralista rígido, que anda sempre em linha recta :)

heheheh

Z

Ronin disse...

...juro que o que se segue é pura ignorancia da minha parte... mas... como é que um cego rabisca seja lá o que for ? ...a menos que rabiscava LITERALMENTE... e ai duvido que a impuganação te sirva de alguma coisa... :-D