terça-feira, maio 05, 2009

A essência do tempo

Hoje de manhã estive num julgamento com vários arguidos traficantezecos. Um dos advogados de defesa, questionando o polícia sobre manobras de vigilância que tinham sido efectuadas sobre dois dos arguidos, numa casa de banho de uma estação da cp,

- e querendo, no fundo, demonstrar que os 2 arguidos (o constituinte dele e o meu), pelo tempo que lá estiveram podiam não estar necessariamente a delinquir, mas quiçá a urinar, avança:

advogado : "sr. agente, quanto tempo demoraram os 2 arguidos na casa de banho da estação de comboios?"
polícia: "não me recordo, 3 minutos... não sei precisar...entre 3 minutos...talvez 15"
advogado: "ó sr. agente..., tem que ser mais preciso! é que de 3 minutos a 15 minutos vai uma grande distância! Eu em 3 minutos posso fazer um simples xixi mas em 15 minutos é claro que já posso estar a fazer outras coisas!"

meu arguido - que é claramente retardado mental e deve ser inimputável: YA DREAD, A ALIVIAR UM CAGALHÃO!!

Se corei? Não.
Não corei porque morri.

28 comentários:

Rita disse...

ahahahaha

Piston disse...

Tu mereces.

Nélson disse...

Vergonhas que passas gaja! Vai para outra profissão. Muda-te... mas que não o Serviço Social. Ainda é pior! Acredita! lolol
muito bom o post! como sempre!

Joaninha disse...

Mas quem diz a verdade não merece castigo certo? muito bom!

Poisoned Apple disse...

Lindo!

Alexandra disse...

Ahahaha!

Não tenho saudades nenhumas dos oficiosos!

Cat disse...

Ahahahahaha! xD

Pratas disse...

Fantástico texto :)

Vera disse...

LLLLOOOOOLLLL
Um conselho: salsicha, não te desgraces!!! :)

outrosdias disse...

LOL

Lazy Cat disse...

Oh meu deus... não te partiste a rir?! Eu não era capaz! xD

Melga disse...

Belo...

Não mudes de profissão olha que a minha não está melhor...

o Homem destravou-se mas vistas bem as coisas sobre o ponto de vista cientifico há quem demore mais de 15 minutos na casa de banho para tentar urinar e não consiga:
tem medo de colocar o coiso de fora porque tem visinhos ao lado a espreitar...
não encontra papel no WC nem no bolso para se sentar porque aquela está um nojo...
mas melhor ainda:
sofre de hipertrofia prostática e só conseguiu urinar uma gotinha!

***

Jasman disse...

mais uma vez puseste-me a rir no meu escritorio as gargalhadas e ta toda gente a olhar para mim...

Ja agora provou-se que ele aliviou um cagalhão ou tava mesmo traficando??

Marciana disse...

"Não corei porque morri".
Adorei esta frase.

estrela do ar disse...

Profissões animadas.

Anónimo disse...

LOOOOOOOOOL

ah ah ahahahahahhahaha

mt mt bom

Shallowmaniac disse...

Muito bom :)

Vitor disse...

A vida não é fácil ;-)

António Raminhos disse...

Só por isso já merecia ir preso ò pá! :)

AR

www.antonioraminhos.blogspot.com

Vera disse...

Ultimato: No dia em que conheci o teu blog li-o de fio a pavio (sim, ainda não tinha filhos, tinha tempo, lol).
Agora, se não escreves mais assiduamente vou passar a chamar-te chalchicha, queres?
Vá lááááá!

Miguel disse...

Pá vai na volta o gajo tinha problemas de próstata :D

pó de arroz num ataque de escrita crónica disse...

Deus do céu!
eu também morria!

Z disse...

ADORO este blog!!

Rafeiro Perfumado disse...

"aliviar um cagalhão" é das expressões mais fofinhas que já ouvi até hoje...

Carlos Sampaio disse...

E estava? A aviar um cagalhão? Ou é um segredo de justiça? Ou o teu código de conduta nã permite revelá-lo?

PKB disse...

ahahahahahah Realmente só te saem duques!

O Alfaiate Lisboeta disse...

não imaginava muitas pessoas a publicar este episódio. já a ti..pq será que não me surpreendo?

Paula disse...

Eheheheh