sexta-feira, agosto 29, 2008

Guiada pela mão..

Tenho uma grande amiga minha que, não obstante ser muito iluminada para a realidade da vida, é muito séria e crê piamente que a masturbação é pecado e que Jesus recrimina. É bonita, sexy, inteligente e bem-formada, mas devido a qualquer perturbação congénita descompensou nalgum lado e tudo a que lhe cheire a clítoris fá-la benzer-se com uma mão e tapar-se pudicamente com a outra (sem, no entanto, se tocar).

Esta minha amiga, por volta do mês de Maio disse-me que me ia contar algo: ( a tremer de antecipação, pensei que ela fosse finalmente contar-me que se tinha "entretido" ! - o que me tornava vitoriosa após todas as discussões que já tivémos e que acabaram, invariavelmente, comigo roxa de nervos prestes a dar-lhe um pontapé na fuça para ver se ela se mancava para a vida )

e, com o seu ar sério e porte seguro explicou-me:

"Susana, já decidi que até o mais tardar até Setembro, se Deus quiser, vou sair do emprego onde estou, sem ferir quaisquer susceptibilidades dos meus patrões, vou arranjar um excelente trabalho, bem remunerado, com seguro médico e parque de estacionamento." Ri-me.


Ora esta minha amiga, que trabalhava com uns miudos ranhosos de 10 anos num pré-fabricado de lata num monte aqui perto,


viu o seu contrato a termo ser rescindido no dia 27 de Agosto e soube hoje, dia 29, que entrou num dos maiores grupos construtores portugueses, com seguro médico, lugar no parque de estacionamento e a ganhar dolorosamente bem. Vai começar a trabalhar 2ª feira, dia 1 de Setembro.


Senhor Jesus: peço mil desculpas pela "situação" de terça-feira à noite. Estava sozinha, desocupada.. Sei que actualmente estou demasiado conspurcada para Te pedir o quer que seja, mas espero que compreendas que não vivo perto do Renato e o meu corpo por vezes ressente-se. E se eu Te disser que não volto a pecar?


...sim, já sei. Inoportuna Omnipresência. :(