domingo, abril 01, 2007

Pulícia Jodiciária (manobras de distracção para não me apanharem no Google)

Sábado passado tive a rica ideia de ir ao exame da PJ artilhada com numerosos apontamentos complementares não autorizados, colocados estrategicamente em vários recantos do meu corpo e peças de vestuário.

À saída de casa, reflecti sobre a prudência de semelhante acto.

Nãoera exame da Faculdade de Direito
Não era exame da Ordem

Era a PJ.

Se esta instituição detivesse alguma dignidade material, no mínimo ofereceria dois labradores à entrada da faculdade, um paisana a fumar junto às casas de banho, uma mulher a revistar-nos as cuecas, outra a introduzir-nos dedos no recto, um coordenador no telhado a interceptar chamadas telefónicas e um agente encoberto infiltrando-se nas conversas.

Fiquei com tamanha dor de barriga que desembaracei-me das cábulas e atirei tudo para a bagageira, levando apenas os 2 códigos.

Infelizmente, o único rex que para lá vi foi um cão famélico orbitado de moscas, o telhado estava deserto e ninguém me revistou excepto um supervisionador de provas que me despiu com os olhos enquanto limpava o cuspo dos cantos da boca.

Depois de ter asssistido, profundamente enojada e durante 3 horas ininterruptas, a pessoal a copiar desencantando cábulas das orelhas e de entre os dedos dos pés, fui a praguejar e blafesmar o caminho inteiro para casa.

Que bando de meninas, não é nada como nos filmes.

(Senhores inspectores que mesmo após a manobra ardilosa do título cá venham parar após cerrada investigação no Google:

este blog tem um intuito meramente lúdico e não corresponde, de todo, a qualquer situação verdadeira que tenha ocorrido na minha vida. Basicamente, invento numerosos eventos caricatos de maneira a ludibriar alguns visitantes mais crédulos, nunca me ocorrendo trapacear para entrar em tão prestigiosa organização.

Aproveito desde já para tecer os maiores elogios à v/ corporação, adiantando ainda que moro ao pé dos GOE e sopro sempre um breve beijo quando os vejo ali em Carenque.

Sou uma cidadã temente à lei e o único sinal que desrespeitei na minha vida foi um atrás do ombro esquerdo que tive que remover cirurgicamente pois não ficava mesmo nada bem com tops de alcinhas

Susbcrevo-me respeitosamente,

Salsicha Girl)

26 comentários:

nuno disse...

Lindo o raciocínio...lindo! Gostei

nuno disse...

Fiquei tapado...

Isabel Paixão disse...

Muito bom lol.

Jorge disse...

Quem é a Salsicha mai linda? Quem é?

Ricardo disse...

Tão queridinha que ela está hoje!Será verdade?

Ricardo disse...

Não é só um raciocinio, são vários Nuno. A miuda é mesma inteligente, bonita e extremamente sexy! E mais não consigo escrever, tão forte é a emoção. Agora a sério : Leva-me para a Peninha, pois peninha é coisa minha.

Bífido disse...

alguém vai pagar as consequencias... mostra masé lá o top das alcinhas :P

Alexandra disse...

Este texto está muito bom!

Susana, se te fizerem um a visitinha a casa, podes sempre servir-lhes um pouco do famigerado doce...

Ronin disse...

Eu bem tinha razão... aqueles conhecimentos todos só podiam querer dizer uma e só uma coisa... :-)

Good luck, break a leg ! ;-) *

Ricardo disse...

I´m going break not one but the two legs :)))))!!!!

Ricardo disse...

FALTA

Mas ainda falta mais confiança
Para nos tornarmos, em suave dança,
Falta-me um caminho a percorrêr
Para na tua boca, poder morder.

Porque agora eu sei
Que ainda não te mereço
Mas um pouco já dancei
Para cativar teu apreço.

Vou tapar falha brutal
Vou conseguir o sonho Natal,
Vou ouvir tua misericórdia
Vou cantar pela tua ordem.

Ricardo da Silva Ribeiro and Su.

apipocamaisdoce disse...

Lolololol! Genial!

Ronin disse...

Su... não tens por ai um "Lápis Azul"?...

cold water disse...

Há uns tempos atrás um menino lindo e inteligente mandou-me cá vir (julgo k bem vistas as coisas a forma como colocou a questão poderia eventualmente consubstanciar um crime de coacção)...disse-me que não me iria arrepender.

De facto, fazes-me rir e não é pouco...
Gosto da forma como escreves e da maneira inteligente (n te preocupes que não estou apaixonada...yet!!) como colocas as coisas.

No que a este post concerne...tststts...para que te serviam as cábulas? tanto qt sei os senhores esmeraram-se a fazer uma espécie de totoloto e vai na volta ainda sai a sorte grande á tua amiga bolinha (pelo menos nesta fase)...

cold water disse...

Ps-porra..até as palavras são como eu, fofas...
Ah...e psico é sempre melhor no masculino que as gajas são piores em tudo, mas se não tens um coelho branco, penso que não há problema de maior.
jokas

Ronin disse...

Follow the white rabbit?...

susana disse...

questão que, necessaria e obviamente se coloca, quem foi o menino bonito? ( e inteligentíssimo acrescentaria eu)

cold water disse...

Bem, na categoria de inteligentíssimos n devem existir muitos...

Vê lá se adivinhas.

Jorge disse...

Não, não fui eu.

salsicha disse...

(pistonzinho da mãe..)ou foi o meu R ou foi o meu B. Não arrisco mt mais.

Ricardo disse...

Chama...., a segurança pública que eu chamo a judiciária. E eu não falo da boca para fora!

cold water disse...

Bravo....


foi um mestre...

macaca grava-por-cima disse...

Parabéns pelo título. Genial! Hilariante!

Jorge disse...

Eu falo da boca para fora. Espetem-me com um tiro na nuca.

Tiago Mendes disse...

Brilhante...

Alexandre disse...

Já perdi horas de volta deste blog, genial, a merecer publicação,, até me apago com a qualidade textual da salsicha.
Que a palavra esteja contigo.