quinta-feira, janeiro 11, 2007

ESTC

Ontem fui à Escola Superior de Teatro e Cinema, na Amadora. Se eu fosse de fazer intrigas quase que diria que:

- ou tinha sido violentamente abduzida e estava nos confins de outra galáxia
- ou, e numa perspectiva mais modesta, em pleno ensaio geral de uma pantomina do Cantiflas. (das piores, as últimas de 1970).

Depois de quase ter morrido de susto quando avistei uma rapariga literalmente igualzinha ao Aladino, com umas pantufas pontiagudas e umas calças de balão, apaguei-me definitivamente quando choquei de frente com uma miúda com umas gigantescas galochas vermelhas de verniz , com chapéu de guizos amarelo a condizer.

Com as minhas calças de vinco, casaco preto e botas de salto senti-me uma doente externa do Amadora Sintra. Mas esperei pacientemente pela minha amiga e fiz o ar mais composto que consegui.

Até ver um professor com umas peúgas da serra da estrela pelos joelhos, calçando uns All Star castanhos com umas línguas de fogo. Aí benzi-me e fugi escola fora, só parei na estação e escondi-me atrás de um congolês. Senti-me infinitamente mais segura.

31 comentários:

Dr. Coração de Manteiga disse...

Congolés?
Procura por "Tuntu, filósofo congolés"

Um amigo meu tem sempre frases dele =D

Papoila disse...

Moça, são pessoas que se preocupam com a aparência, muito mais do que nós, embora insistam que "não, nada disso, nós (pessoal alternativo, atenção!) não ligamos nada a estereótipos capitalistas e elitistas como a roupa que se veste".
Bah!

Mia disse...

Medo!

Perverso disse...

Citando:
"miúda com umas gigantescas galochas vermelhas de verniz , com chapéu de guizos amarelo a condizer"

Por acaso não era a mulher do Noddy???

Rafeiro Perfumado disse...

A minha leitura parou no "violentamente abduzida"... mas tenho a certeza que o resto do texto também tem piada! ;)

Ana disse...

Muito medo!!!

apipocamaisdoce disse...

Salsichita, viu a Grande Entrevista ao RAP? Ainda estás a recuperar?? Não sei se já te disse, mas fiz um curso de escrita humorística com ele. E é tão giro ao vivo como na televisão. Querido, querido!

Tó do Samouco disse...

Mais parece um filme do David Lynch. Esperavas mais um pouco e ainda vias um anão a dançar


Tó do Samouco

www.samoucoaorubro.blogspot.com

marta disse...

Só para que conste: EU TENHO UMAS GALOCHAS VERMELHA DE VERNIZ. E hoje estive a dois metros do RAP durante uma hora e meia. Só pensava em ti...

bruno disse...

M,

E eu li o post e vinha precisamente dar nota precisamente desses dois factos que, modesta opinião, diria que a prezada autora deveria considerar.

Felizmente, estás atenta.

Beijo.
B.

Alexandr3 disse...

Li o post, mas fiquei sem perceber o que lá foste fazer...

Obelix disse...

Realmente essa escola tem muitos personagens estranhos... Uma amiga minha estudou lá e fui lá ver várias peças de teatro, mas ia sempre um grupo grande e todos juntos, para nos defendermos uns aos outros...

susana disse...

Dr,

O âmago do post não era saber-se o que eu lá ia fazer, apesar de ter elucidado que ia ter com uma amiga.

Pipoca,

eu e tu relações cortadas.


Marta, conta-me tudo.

Anónimo disse...

B,

Só eu fiquei incomodada com o facto de termos um jantar marcado com com a Susana, que foi desmarcado devido as dores de cabeça dela?!?
No dia seguinte descobrimos que ela foi ao teatro com uma amiga desconhecida... e estamos a discutir galochas vermelhas de verniz???

Joana disse...

Sorry pelo anonimo...

Isabel Paixão disse...

Que medo... Espero que estejas mais recomposta, nem quero pensar no que passaste.
Gostei imenso do blog, vou cá voltar =)

Xavi disse...

Mas entraste numa escola ou num manicómio???

(pergunta parva, claro que foi numa escola...num manicomio as pessoas teriam um aspecto mais normal)

Paiva disse...

Agora mete-lhe 6 anos de convivencia (...)

susana disse...

jo

a situação da escola foi ANTES do jantar. e tu para levantares falsos testemunhos não há melhor. Não fui ao teatro duhh

Jorge disse...

A Papoila é que sabe! Vivo no meio destes seres muito alternativos...
No meio deles sou o único "normal". Não há gente mais vaidosa e cuidada no que toca ao parecer mal vestido ou em ferir os olhos dos outros (com mais convicção do que ciganos com garfos a pedir educadamente para orientar o telemóvel).

james, o abutre disse...

eu k visto sempre a mesma roupa (é lavada de vez em quando), nao por falta de roupa, talvez por falta de imaginação e paciencia n altura em que me visto, talvez por uma questão prática, ou talvez ainda por querer andar o mais invisivel possível. ainda assim prefiro estar no meio dos malukinhos do país da alice do com os doidos perfumados pintados e camisinha da moda.

nodi disse...

Boa tarde,

Vão ao médico, por favor!! Estão todos a precisar de uma verdadeira dose de lúcidez e racionalidade!

p.s.- Para que conste, nem sequer estudo nessa escola. Fiquem bem.

Anónimo disse...

porque ser que existem pessoas tao futeis como tu, incapazes de aceitar os outros?o que conta nao é se tem umas btas assim ou assado, ou sevai de preto ou amarelo, o que conta é o interior das pessoas...acredita que com a tua mentalidade, és de todo mto amis triste do que todas as pessoas da Estc, e sabes pk? pk essas aceitam os outros como são, e ao contrario de ti, nao te criticam so pk és normal,anormal?pois, depois deste teu comentario acabei por não perceber mt bem. sabes que mais? felizmente na ESTC, pessoas como tu não existem muitas...alias quem te dera a ti, algum dia acordares para a vida e aprenderes a lidar com tudo e com todos sem tirares conclusoes sem fundamento. Os pesamos. ´c.c

Anónimo disse...

Sera que tb vais aceitar este comentario? ou mais uma vez seras imatura, infantil e mal educada, ao ponto de so colocares aki os k te interessam???'C.c

Anónimo disse...

Sera que tb vais aceitar este comentario? ou mais uma vez seras imatura, infantil e mal educada, ao ponto de so colocares aki os k te interessam???'C.c

Lara Fanny disse...

Eu sou aluna da ESTC, e ninguém falou mal das tuas calças vincadas pois não? Ou perdeu tempo a criar um post a reparar que realmente houve um dia em que usaste calças vincadas.

Anónimo disse...

Estranha é a tua maneira de pensar, e um pouco retrograda!! O que interessa a maneira e vestir??? A escola pode ter pseudo-artistas mas não podes generalizar.

1 motivo disse...

E viva o direito à diferênça!

Ainda bem que não somos todos iguais senão não havia assunto para bloggs...

Anónimo disse...

e depois?!!?!? Afinal o k é k é importante?!?! o vestuário das pessoas ou trabalho que elas criam!???! talvez fosse mais importante falares dos trabalhos que possas ter visto, não?!? Será que são inovadores? interessantes? AHHH esta mentalidadezinha portguesa!!!!

marian disse...

cara salsichanaotedesgraces.blogspot.com, desgostei imenso do seu caro post, pode nao qerer a minha opiniao para nada mas eu dou, qlqer pessoas se pode vestir como quer e nao, nao ando lá ..
ve-se q é um bocado de 'olhar de lado' ;D

Anónimo disse...

mais uma vez reforço que tenho medo de certas pessoas que cometam este blog. Por que se levam tão a sério Deus meu?