quarta-feira, outubro 25, 2006

Subtileza desportiva

Notícia no Destak:

“78 detidos, de 20 estabelecimentos prisionais, remam hoje no V Torneio Nacional Prisional de Remo Indoor”.

Não, brincas. Já os estou a ver Guadiana fora, nadando com fatos de imersão hipotérmicos e Marrocos no horizonte.

16 comentários:

Quicocas disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Quicocas disse...

Então, vá para fora cá dentro!
Ou em linguagem prisional:
Vá outdoor, indoor!
Beijinhos!!!

Xavi disse...

Reme, mas sem ser daqui para fora....

Eu disse...

Eu já estou é a anteveer um motim encetado á base de fortes remalhadas no lombo dos guardas prisionais (e é bem feita, preocupam-se com a entrada de seringas e depois permitem que se inflitrem remos nas prisões...)

já agora, isso é aberto ao público (não é ao jornal, falo mmo de pessoas pertencentes á massa pública)?

Pedro Malaquias disse...

Olá!

nuno disse...

Hipotermicos?...

prisioneiro disse...

Sim, pá. Para o pessoal não ter hipótermia. Foi graças ao fato que consegui chegar a Marrocos. EHEH!!!

'Tá Difícil disse...

Mas constava que iam acorrentados e com aquelas bolas de chumbo (tipo Dalton)... mesmo à prisioneiro...

;)

prisioneiro disse...

Mas aprendi uns truques com o David. É o maior!!!!!

Nuno disse...

Diz-se isotérmicos, alminha!... hipotérmicos seria para não passares do Alqueva. ;)

prisioneiro disse...

Tens razão Nuno. Sabes o que foi? A emoção da fuga, complementada com a beleza enfeitiçadora da autora, deu nisto. Uma pequena doçura no dia a dia marroquino.

Nuno disse...

Safaste-te bem, puto...

susana disse...

Achas? Cheirou-me a embuste !
(ou nao)

prisioneiro disse...

ARDIL

Subtil no método
E na forma de apresentação
Artificialmente criado
Para o tema em questão.

Personagem ardilosa
Prisioneira de afectos
Sempre esperançosa
Mentindo certos aspectos.

Doçura não é embuste
Feitiço acaba em trovoada
Não há poção que assuste
Esta alminha apaixonada.

susana disse...

Bush?

prisoneiro disse...

????????????