quarta-feira, outubro 18, 2006

Gaja que é gaja..




Depois de uma viagem de parapente, uma necessidade premente: verificar se as ditas continuam no mesmo sítio, e se possível um pouco mais içadas.

7 comentários:

Eu disse...

Eu acho que isso do "içadas" agora depende: vinhas de cabeça para cima ou inovaste e vinhas com o capacete a apontar para o chão?

Anónimo disse...

Conclusões de gaja:
1)Qual é?
2)Poderá a prática de parapente reforçar uma pequena elevação das ditas?

Fora do contexto das ditas:
3)Onde fizeste parapente?
4)Que sensações provocaram em ti?
5)Aconselhas vivamente?
6)Tiveste medo?

Susana disse...

1) hein?

2)não. as ditas não se içaram mas confesso que com a ventania que estava quase que ia jurar que tinham subido 4 ou 5 cm. (pura ilusão snif)

3) em santa cruz
4) depois de uma breve perda de sentidos foi muito divertido
5) sim mas impróprio para cardíacos
6) não. que ideia.

Anónimo disse...

1)Era a conclusão da verificação das ditas.Conclusão essa está no tópico 2).

Obrigada pela atenção.

Ainda não li todo o blog mas muitos parabéns.Muito divertido.

Piston disse...

Alvitrei intimamente. Como, depois de alguma investigação, não tinha dados suficientes para comentar, remeti-me ao silêncio.

marta* disse...

uma pequena correcção: muito proprio para cardíacos. sou eu a prova =)=)

beijinhos

Anónimo disse...

mea culpa. é verdade, fiz circular uma mensagem incorrecta. é bastante próprio para cardíacos pois a minha amiga Marta, pertencente a esta última categoria, andou e bem que se divertiu. e até serviu de amostra para um congresso de cardiologistas ;)