segunda-feira, agosto 14, 2006

Mimos laborais

Este post é DEDICADO
a todos aqueles que dizem que o meu trabalho de FP é só estar deitada no sofá preto de cabedal, com os livros repousados no cima da testa e a ressonar ligeiramente, com os olhos semi-cerrados ansiando desesperadamente pelo toque dass 17h30:

recebi esta simpática missiva de um cidadão mais desanimado, eis alguns trechos (Deus queira que não seja processada, caso o seja, este post teve como único intento o gáudio da bloguista e seus eventuais leitores, e não qualquer ataque pessoal e deprimente ao seu autor, pessoa mui digna e, apesar de esquizofrénica, de profunda gentileza e fino trato):

(contexto: pedido de esclarecimentos de um senhor de meia idade à minha amorosa pessoa, esclarecimentos esses que prestei da forma mais prudente e eficaz:)

carta do senhor de meia-idade: " V. Exa porventura, não está ai para responder às questões que lhe faço? Então HÁ UM DE NÓS QUE NÃO ESTÁ A VER BEM A SITUAÇÃO!! E desde já lhe vou deixar uma dica de quem poderá ser: V. Exa!! Com o devido respeito.

V. Exa neste momento não faz parte de nenhuma solução muito menos de qualquer esclarecimento. V. Exa É O PROBLEMA E A FORÇA QUE BLOQUEIA O ESCLARECIMENTO!"


Bolas, sou isso tudo? Porque continuo solteira então?

10 comentários:

Eu disse...

segundo Eu, a resposta para a tua questão final encontra-se neste pressuposto básico de acesso ao universo matrimonial e matrimonioso:

enquanto fores V. Exa nunca conseguirás contrariar a "solteiriedade", olha que é verdade

cloinca disse...

lolol
Bjos pa ti!
:*

Anónimo disse...

Por acaso sei a resposta a essa questão libidinosa.... Mas será que tu também já a não saberás também?

carla m. disse...

Epa continuas solteira porque em vez de carochinha, és a exa!!!

O Acordeonista disse...

Bolas... mas esclarece lá qual é a tua actividade profissional em concreto... palavra que não consigo perceber...

susana disse...

Buno,


é uma questao de nao querer aranjar lenha para me queimar,

mas adianto q envolve as palavras jurista, pareceres, ministério

bj*

O Acordeonista disse...

Catano, até levo um tratamento pelo nome de baptismo.
Mas já deu para entender. Ok. A partir de agora sinto-me integrado na conversa. Estou-te grato.

Anónimo disse...

com música:

http://www.lifeaftercoffee.com/2006/06/14/my-cubicle-song-lyrics/

Anónimo disse...

Best regards from NY! »

Anónimo disse...

Looking for information and found it at this great site... » » »