sexta-feira, julho 21, 2006

Desafio:

Um dia, numa repartição de Finanças em 1999, apercebi-me que as pessoas que estavam na fila para o imposto sobre sucessões estavam todas vestidas de preto.

Fiquei emocionada com a própria argúcia e poder de observação.

Pouco tempo depois saio da Repartição, atravesso a estrada sem olhar e apanhei com um carro daqueles que não precisa de carta de condução, vulgo "porra-velhos", que acertou numa perna que me ficou a latejar durante 2 semanas.


Alguém consegue perceber a moral deste história? (sim, tem uma)
Não, não se dão alvíssaras.

14 comentários:

riverfl0w disse...

Hipótese 1: Veste-te de preto para os papa-reformas não te verem.
Hipótese 2: Os porra-velhos deviam andar mais depressa (Ok, eu estou a gozar. Mesmo. Antes que me chames nomes feios.)

Pedro disse...

Este post deixa-me demasiado triste... Não há referências a mamas demasiado grandes, pilas de burro e afins... vou-me vestir de preto =(

Sónia disse...

A moral... eu sei, eu sei!!!
Grande poder de observaçao para coisas "desnecessarias" (pelo menos ao teu bem estar), mto pouco para akilo k compromete o teu bem estar físico...
Acertei?

P.S. acompanho o teu blog ha algum tempo, mas é a 1a x k comento.
Beijinho***

Noz disse...

Raios partam os velhos?!!

Xavi disse...

Uma junção do que disse a sónia e a/o noz... :)

Susana disse...

Sónia, és um génio; (sonia casal de sao brás?)

aos restantes: eu adoro velhotes, sao tao fofos, e mamas grandes e pilas asnáticas,
mas não, desta vez não tinha mesmo nada a ver com isso.

river: hás-de ter muitos amigos assim!

Paulo Sempre disse...

Fiquei «passado» quando vi a minha vizinha vestida de vermelho junto ao balão de uma instituição bancaria. O marido tinha morrido havia menos de 24h.
Afinal tentava receber todo o dinheiro que havia na conta conjunta.
Paulo

Gustavo disse...

Moral: não se atravessa a estrada sem olhar!!!

Odeio jovens inconscientes e inconsequentes!! Falta de responsabilidade!! Podias até ter dado cabo da vida do velho condutor!!

Malvada.

pickwick disse...

Moral da estória: não é inteligente andar a bater com a chaparia do bolinhas nas adolescentes que se passeiam pelas ruas... mais tarde, ou mais cedo, os descendentes directos, vestidos de preto, disputarão entre si o bolinhas. Para além do imposto pela herança, da amargura pela perda familiar, ainda terão que pagar o arranjo no bate-chapas!

Visitante disse...

Cara Susana,
Obrigada pela tarde de domingo chata que se tornou numa tarde de domingo diferente ao passar os olhos pelos seus post's...
Gostei mt das histórias, das verdades e dos acontecimentos, belo diário que tem por aqui.
Já agora, parabéns, bem vinda à classe mais rasca que conheço!!! Os advogados!!! Espero mt sucesso e ainda ouvir ou ler alguma peça processual sua, cruzando-se no meu caminho em algum processo!!!
Bjs.
Uma visitante

Sónia disse...

olá outra vez!
nao, nao sou a sónia de casal de sao brás... moro no algueirao, mas sou de s. joao das lampas (n sei se conheces...)
beijinho e bom inicio de semana*

Fartpudding disse...

Para, escute e olhe, menina!

Eu disse...

Eu acho que esta é de caras:

"se vires pessoas vestidas de preto em repartições de finanças não atravesses a estrada sem olhar que ficas com uma das duas pernas a latejar"

já confúncio o tinha escrito nas suas notas soltas em guardanapos de papel.

(agora, o facto de ter sido um "mata-velhos" a efectivar a profecia, isso já é um capricho Divino, não tem propriamente um significado moral...)

cloinca disse...

Olá jeitosa!
Tu que és tão criativa, anda-te daí ao meu cantinho e ajuda-me no desafio que lancei!
Beijokas grandes pa ti,
Cláudia