sexta-feira, março 10, 2006

Paciência é uma virtude

Hoje de manhã acordei particularmente mal disposta.
Mau feitio, mesmo.

Tive que ir ao centro de saúde, conhecido pelas suas enfermeiras menopáusicas, buscar umas credenciais e, após tê-las recebido, disse "boa tarde".

Silêncio atroador do outro lado do guinchet.

Então fiquei parada, credencial na mão, sobrolho franzido.

Passados uns 5 segundos, ela com um ar enfastiado, falando comigo como se eu fosse burra (característica que me arrogo desde já não ter:

- "já está tudo".

retorqui: "eu sei, estou à espera que me retribua o boa tarde".

E fiquei imóvel, na mesma posição.

ouvi um burburinho na sala de estar, mas não quis nem saber.

Não sairia dali sem o cumprimento devido, senão haveria uma réplica, e das sonoras!

"Boa tarde" - respondeu ela, ar meio azangado, meio envergonhado.

Agarrei no envelope e saí porta fora. Ao passar pela janela ainda ouvi umas palmas sumidas.

Lá tenho medo de enfermeiras não? Próxima técnica que me seja desrespeitosa apanha um chuto na boca e obrigo-a a ir fazer cistografias a incontinentes.

3 comentários:

Jorge disse...

Só te digo. Se não for fruto da mais pura imaginação e se fazes mesmo metade do que anúncias, diz-me onde estás e eu vou aí beijar-te os pés!
Já agora, se puderes fazer alguma coisa em relação aos camelos e camelas que deitam a beata pela janela do carro, agradecia ;-)

susana disse...

é favor beijar então. Posto Médico da EDP, rua 25 de abril

Anónimo disse...

Very nice site! » »