quinta-feira, março 09, 2006

OS AMIGOS

É no meio deste stress citadino, e ideias peregrinas sobre colocações de bandas gástricas, reafirmação dos seios, o Mundo, o amor, os exames da Ordem, concursos administrativos,
que eu páro para pensar e me recordo da minha infância.

Brincava na rua, sirumba, polícias e ladrões, futebol humano, a escolha de equipas: "Araponga é meu", "Cláudia", "Bruno", "escolho a Xana"

e lá restava eu, a mais nova de todos, enfezada que metia dó, com os joelhitos tortos e pouca coordenação motora, indagando-me porque seria sempre a última a ser escolhida para os jogos,

mas, em contrapartida,

a primeira a ser lançada para debaixo dos carros quando a bola fugia para debaixo de um motor, e a única a ser lançada à altura de um primeiro andar, para ir buscar o boomerang à varanda da vizinha.

Tenho orgulho em dizer que cortei 2 sobrolhos, parti a cabeça, caí do vai-vém e espetei um pau no rabo que, até hoje, me dá dores e me fez deslocar o osso do cócxis.

Altura em que a nossa vida se resumia a brincadeira, ao parque na praceta, com baloiços construídos pelos nossos pais e avós, ao campo de futebol, aos jogos do guelas, às noites em roda, contando histórias assustadoras, aos piqueniques no monte, à fogueira dos Santos Populares, aos rebuçados do Sr. Almeida, as fugas à Careca Cigana, miúda das barracas que nos aterrorizava e nos perseguia quase até ao elevador.

Os namoros infantis, o sermos moços de recados dos mais velhos, o quarto-escuro na casa da Paula, os lanches da Toia, os jogos de mesa (25 em 1!), o espancar o amigo mas passados 10 minutos fazer as pazes

O verão, e todas as noites jogos, jogo das cores

(na na, isso é azul
- não é nada é verde turquesa
-que é isso? não vale inventar cores assim não brinco!

apanhada, stop, escondidas (eu vi-te eu vi-te "arrebenta" a bolha!),

jogo dos países. O "N" - Noruega, Nuno, nanás (nanás nao é nenhum fruto, batoteira!), Nadador-salvador, Nissan, Negro

(fosga-se granda batotas, negro não é cor,
- ai não ai não?
- NAO!
- então ponho noir
- isso é inglês, assim nao vale!)


Os amigos que mudaram de rua, de terra, de país.

O amigo que morreu, os amigos com que nunca mais falei, e os amigos que hoje ainda o são.

Hoje tenho uma mão cheia de tudo outra cheia de nada.
Cheia está aquela com todas as minhas recordações dos meus amigos,

A vida pode dar muitas voltas, mas o facto de nos termos conhecido e sido irmãos ninguém nos tira.

Na altura não o adivinhávamos, mas naqueles anos em que sonhámos, fizemos planos e pensámos no que a vida nos reservaria, pensando sempre no futuro e não atentando no presente, no momento exacto que estávamos a viver,

crescíamos, e éramos tudo uns para os outros.

Os meus amigos, os meus queridos amigos, foram os melhores que se poderiam ter.

10 comentários:

Ry disse...

E como este foi dos melhores posts que escreveste e veio do coração, tens direito a um comentário que tantas vezes pedes. :)

Bruno disse...

Grande. Nada a dizer. Estou demasiado encantado. Beijo.

Anónimo disse...

Que saudades da minha infância, os meus amigos, de tudo o que foi e já não volta a ser.

Choro mas obrigada!
Beijinhos
Paula

Tigger disse...

E é isto que faz com que o teu blog seja tão concorrido e muito apreciado...no meio dos post cómicos que me fazem rir e ficar bem-disposta, tens posts como este de uma profundidade e sentimento tais, que nos fazem pensar e recordar...
Obrigada,
Beijinhos

marta* disse...

Arrebenta a bolha su...
vem conosco pa Beja vá lá! O que é nós sem ti no meio dos miudos?

beijinhos muitos

Anónimo disse...

a todos os que blogueiam por aí fora, fizeste lembrar algo esquecido. boa. gostei. D

su disse...

Que bonito su!!!!!!!!!!!!!!!

Anónimo disse...

Cool guestbook, interesting information... Keep it UP
Nexium s price in us electric wheel chair manufacturers ultracet purchase Why is lipitor given at night Pressure points for pain relief Impotence topical creme Xanax with prescription Land rover conversion headlight kit How to dance sexy online ultracet prices Monster.com scholarship is ultracet a narcotic Tramadol interaction with vioxx Makers of ultram or tramadol 50mg Alto dealer palo volvo Intraocularl lens for eyeglasses

Ronin disse...

...espetaste um pau onde???? :-O

Marco Pereira disse...

muito,muito bom! :)