segunda-feira, março 06, 2006

Lês muito mas não me alegras

Já toda a gente sabe a história do Marcelo Rebelo de Sousa,

sim, porque eu tenho o condão de me chibar de tudo o que me prejudica,

mas respondendo a pedidos de várias famílias, aqui fica registado formalmente:


Em pleno exame do cadeirão mais aterrorizador da Faculdade, vulgo Direito Administrativo, no 2.º ano,que ainda hoje não percebo bem o que é (e não sei como ajudei um vizinho meu num despejo da Câmara, se calhar sou sobredotada e não sabia)

cadeira leccionada pelo MRS

estou eu muito entretida a tentar cabular quando me aparece o dito professor.

(não se preocupem que ele não me apanhou, ainda hoje sou mestrina nessas artes)


E o prof:

"Então..está mais gordinha"


E eu: (com menos 10 kg do que tenho hoje) sem mais nada para dizer do que um brilhante "Não, não estou"

"Ai está sim, vai ter que fazer uma dieta, mas só depois dos exames" e pisca o olho seguindo o seu caminho.


Eu em pleno exame, com uma cambada de burróides a olhar para mim, ponho-me a prescrutar os pneus e a chorar baixinho,

e agora pergunto-me eu,

porque é que um dos homens mais espertos do nosso país

tem a inteligência emocional de um lince ibérico?

Por algum motivo estes estão praticamente extintos,

e ai Marcelo, o que eu não dava para poder dizer o mesmo!

4 comentários:

Susana Lourenço disse...

Su,
o Marcelo é mesmo um homem atípico...
Mas pelos vistos lá te achou piada....lol

Dr. Cunillingus disse...

Mas estás mais magra ou mais gorda?

Ronin disse...

Marcelo... tu tás lá ! ;-)

Alexandre disse...

Genial, absolutamente genial, adoro o que tu escreves e o modo como o escreves, já há muito que não tinha o prazer de ler algo que me fizesse rir espôntaneamente.