sexta-feira, fevereiro 10, 2006

Não sei se já repararam (espero que não, senão há indícios sérios que não têm vida própria, uma conflituosidade inter-social acentuada, e, por demais evidente, uma hetero-exclusão comunitária perturbadora, vulgo PESSOAL SEM AMIGOS)

mas eu hoje já escrevi uma data de posts,

cada um mais sem sentido e amoral que o outro,

pela simples razão de que, amanhã, tenho a repetição do exame da Ordem,

e, como qualquer estudante preguiçosa, desorganizada e cábula que se preze, já inventei mil e uma coisas para fazer,

inclusive lavei a banheira com Cif, tarefa que, ao fim de 2 minutos, achei demasiadamente afrontosa à minha condição de..enfim, qualquer coisa que me impede de executar a empreitada supra-mecionada,

só para não ter que estudar.

Pelo que me voltei a sentar frente a este teclado para vos dizer isto mesmo que vos acabei de transmitir.

E dizer nada em tanto é obra certo? Só me dá é para o mal. Lá para os contratos de impugnações paulianas não me dá tanto a veia artística.

Arghhh façam-me parar!

Vou desligar o pc no botão do reset com o dedo do pé.

2 comentários:

Pedro disse...

como eu te compreendo... vou ter prova oral de analise matemática na 2ª feira, e fui lendo os teus textos á medida que íam aparecendo...
pode-se pedir leitor mais atento?

beijinhos!

MasterGuillian disse...

verborreia!... um autêntico ataque de verborreia! Você está bem? Precisa de alguma coisa? Comeu alguma coisa estragada? "Vá-lá que não cheira..." :-D