quinta-feira, fevereiro 09, 2006

Interpelação admonitória

Caríssimos Confreires,


obrigado por NADA!!!

Se ontem alguém cá tivesse vindo, que não veio, mas por algum acaso insusceptível de compreensão viesse, da parte das Produções Fictícias,

o certo é que teria encontrado um vasto e inóspito deserto interactivo, um monólogo patético entre a minha pessoa e o meu alter ego, devaneios de meia idade que nunca os supus ter mas agora até já estou assustada,

já que sou só eu a falar, é só 0 comentários em tudo o que escrevo e nem o 1000 leitor se atreveu a denunciar-se, visitando-me sob a forma de anónimo, por ser mais dignificante do que ter que, frontalmente, confessar que me lê.


Hum.. estou deveras conspurcada com estes procedimentos, e toda a minha áurea de ser peculiar se esfumou, não passando agora de uma lunática que beija o cão e mata os periquitos à fome.


É lamentável.