domingo, fevereiro 19, 2006

Home sweet home

Mais um episódio triste da minha vida:

Ontem, sábado à noite, a trovejar violentamente e a chover a potes,

tomei a resolução sensata de ficar em casa. Eram 18h e pus-me a analisar criteriosamente o site da tv cabo, fazendo um esquema com horas e canais, de forma a conseguir ver o maior número possível de horas televisivas, sempre ao seu mais alto nível.

Começava às 21h com o AXN - CSI, passava para o Pepole & Arts às 21h, com A Promovida, em seguida veria o Scrubs na Sic Radical, findo o qual assistiria, novamente na Sic Radical ao South Park, passando de seguida para Sic Mulheres com o Sexo e a Cidade, acabando, finalmente, com o filme A Última Testemunha no canal inicial, o AXN.

Voltei a refazer o esquema porque me dei conta que, por exemplo, e no que diz respeito à Sic Radical, não rentabilizaria o tempo disponível a ver 2 séries cómicas, haveria sim que prescrutar qualquer coisa mais didática, tipo Mar Portuguez na Sic Notícias. Mas depois tive que mudar o programa a seguir, senão a Carrie Bradshaw não me cairia bem após as epopoeias nacionais.

Refiz toda a análise anterior, vezes e vezes sem conta, até me deparar com o programa nocturno perfeito. E fiquei contente porque faltavam apenas 5 minutos para começar o 1.º visionamento, no AXN.


Vi a 1ª parte. Com os olhos fechados consegui arrastar-me até à televisão, desligando-a. Atirei-me para cima da cama esgotada psicologicamente, mas ainda com o discernimento suficiente para saber que esta seria a noite de sábado mais degradante dos últimos anos.

Depois lembrei-me:

"não, houve uma vez que a minha vizinha me arrastou para o Tabernáculo da Fé, igreja baptista em Mira-Sintra".

Assunto resolvido, esqueci os remorsos.

1 comentário:

Anónimo disse...

Very cool design! Useful information. Go on! » »