domingo, janeiro 29, 2006

Nota de Rodapé

Andam por aí a cirandar boatos profanos de que, pura e simplesmente, o post do Castelo Branco seria fruto da minha imaginação.

Apesar desta, efectivamente, já ter dado conclusas provas de que se revolve nos emaranhados de uma mente fértil e desprovida de qualquer sentido de dignidade e profundidade,

a verdade é que a própria realidade nos ultrapassa muitas e muitas vezes,

Destarte, afianço que o post é verídico, embora com algumas nuances mais quixotescas, nomeadamente os saltinhos espavoridos pelo corredor que, natural e cientificamente,

me foram impedidos de verificar via voipbuster.


p.s. - se, por algum infortúnio, alguma autoridade judicária me inquirir sobre os factos passados, naturalmente que os negarei com veemência e, inclusive, indignação, salpicada por acusações baratas contra o Estado.

5 comentários:

browserd disse...

Fazes-me rir miuda. Não consigo deixar de cá vir mesmo que a minha colega da frente (a quem chamo carinhosamente Carochinha) me diga para não estar sempre a rir que a vida não está para risos...

susana disse...

Diz à Carochinha que anda mas é a precisar de umas visitinhas de um qualquer ratinho, bem adornado note-se e sublinhe-se, que lhe faça retirar a auto-comiseração e a substitua por um sorriso de orelha a orelha e um cigarrinho na boca, salpicado por frases doces de amor que, verdadeiras ou não, sempre nos adoçam enquanto nelas acreditamos!

Granda Browserd!

Anónimo disse...

Que tal ligarem mais uma vez e gravarem isso?:D

Anónimo disse...

Cool blog, interesting information... Keep it UP School design Jessica mercedes cavey during pregnancy safe zoloft Perfume aftershaves perfume emporium paco rabanne walnut creek private school texas

Anónimo disse...

Where did you find it? Interesting read » » »