quinta-feira, outubro 13, 2005

DESPEDIDA DE SOLTEIRA - toda a verdade em 25 linhas

Ah, suas galinhas doidas, por momentos recearam pela vossa integridade moral certo? Não se preocupem, tudo o que direi aqui será sob a forma do mais completo anonimato.


Eu fui a uma despedida de solteira há 2 semanas.
Não envolveu corpos desnudados, pilas equídeas, nem testículos depilados. óhhh dirão vocês. Sim, eu também fiz ouvir a minha egrégia voz, mas o resto do coro era católico por isso, perdi.

Muito sumariamente, quero só esclarecer que nesta despedida foi realizado o já lendário jogo "verdade ou consequência". Não vou estribar as mais variadas respostas que ouvi. Quer dizer, posso elencar algumas:

- nunca usei acessórios
- ando a trepar paredes
- gosto de apanhar por trás
- o aparelho nos dentes aleija

Mas isso é irrelevante. O que eu vos quero contar é que,

no dia do casamento, alguém se vira para o grupinho da despedida e confessa:

"eu menti em algumas respostas".

Silêncio

De repente, tal qual "Clube dos Poetas Mortos", uma de nós avança e, timidamente enuncia:

"Eu também não disse toda a verdade".

E por aí fora, até, inclusive, a confissão integral da minha pessoa.


Conclusão: todas mentimos. E rimos. Muito..muito..

Mentirosas...mas porcas ;) !

4 comentários:

Ronin disse...

Vergonha... chickens ! :-p

Anónimo disse...

tenho k planear a despedida de solteira de uma amiga, mas ela quer as mesmas condições... sem corpos nus, tudo muito clean... sugestões... ah! ela não gosta de discotecas, e é +- gótica... não está fácil...

Anónimo disse...

mandem sugestões para dianamendonca@gmail.com

Anónimo disse...

Where did you find it? Interesting read table kitchen The new york times views on gay adoptions Beach preggo Cheapest prices headaches order butalbital online Faucet grohe hans Tampa florida web cams Ink jet printing cartridges free gay torture