quinta-feira, outubro 13, 2005

Descoberta do ano

Caríssimos:

Deixem-me partilhar convosco a minha mais recente descoberta.

Afinal o dentista que me esburacou a gengiva errada, revelou ser o ser humano mais bondoso, fiel seguidor do juramento de Hipócrates, verticalmente correcto, diligente pai de família de que há memória nos últimos 70 anos.

Afinal, quem tramou a Susi_ nunes e trocou a posição do raio-x?

A esquizofrénica da assistente.
Provavelmente recrutada pela Randstad.

Mas o infeliz do dentista, que apanhou com as culpas todas, sempre se negou a apontar o dedo acusador. Descobri hoje por mero acaso... conversa coscuvilheira entre 2 assistentes externas ao processo.
Pois, é verdade, já extraí o 1º dente do siso. Eu queria tê-lo trazido para casa, mas, revés do destino, ele ao ser escarafunchado foi arrancado em mil pedaços, alguns dos quais engoli juntamente com alguma saliva e secreções nasais porque ainda estou com muita expectoração.

Estou maravilhada, voltei a acreditar na Humanidade.

Sem comentários: