segunda-feira, agosto 22, 2005

NO AEROPORTO II

No elevador do aeroporto em Colónia entrou 1 carrinho para as bagagens com 3 mochilas de campismo, conduzido pelo pessoal aqui de Belas, cada uma com sensivelmente 14 Kg. Entrou outro carrinho com mais mochilas, E outro, e outro. Estavam 5 carros desses . Mais os 5 respectivos condutores. O elevador deveria ter à volta de 600 kgs.

Entra a Susana, sem bagagem, porque a sua mochila já tinha ido noutro elevador.

Sai a Susana porque o elevador imediamente começou a apitar estridentemente, com luzes de néon vermelhas a piscar, e alarmes por tudo quanto era piso, indicando que havia excesso de peso.

Eu sei que foi puro azar. Mas foi igualmente degradante.

E triste, especialmente porque fui escorraçada do elevador, de vidro, por pessoas que julgava minhas amigas, e porque vi a cara deles todos, a rirem-se à boca podre.
É das poucas recordações que tenho do aeroporto de Colónia.
Tenho que arranjar outra ( sem ser a do corta-unhas).
Com o tempo isto sara.

Sem comentários: