segunda-feira, agosto 08, 2005

Ideias sofríveis

A semana passada fui fazer compras ao Minipreço.
De carro.
Algo que eu já não fazia há bastante tempo, justificação semi-parcial para o que se segue:

Ia eu no meu Opel, armada em Fangio, quando me acerquei do dito supermercado e estacionei numa rua ali perto. Só quando estacionei é que reparei no olhar misto de indignação/horror de um velhinho, que, com a sua bengala, me tentava atingir a traseira do carro enquanto se escafiava todo a gritar para quem o conseguisse ouvir (basicamente os 4 quarteirões circundantes) que eu tinha entrado numa rua EM SENTIDO CONTRÁRIO...
Dentro do carro e com o coração aos saltos, tomei uma decisão:
Estava em plena Av. Miguel Bombarda em Queluz. Do lado esquerdo tinha o tão ambicionado Minipreço. Do lado direito uma farmácia.
Enquanto o idiota do velho continuava a atrair as atenções para mim, (e a ele já se tinham juntado dois bebedolas), saí muito sofredoramente do carro. E, a coxear, agarrada à anca esquerda, fui mancando sugestivamente até à farmácia.
O intento era fingir que, por estar inválida, tive que estacionar o mais perto possível desse estabelecimento, e que me tinha sido inevitável entrar em sentido contrário. Pensei ficar simplesmente na farmácia (normalmente apinhada de gente) alguns minutos, enquanto se atendiam os fregueses, e depois, como quem não quer a coisa, sair de fininho e atravessar a estrada e ir ao famigerado Minipreço.
Para mal dos meus pecados a farmácia estava vazia. Entrei lá a mancar e em 3 segundos tive que inventar alguma coisa para comprar. Saí de lá com um creme de celulite e 20 euros a menos.
Saí a blafesmar, mas com um olho no velho e exibindo triunfalmente o saquinho
farmacêutico. "Embrulha", pensei eu.
E depois pensei também o porquê daquilo tudo.
Eu preocupo-me imensamente com o que os outros pensam de mim. Mas também sou inacreditavelmente estúpida. Era só um velhote, de certeza que tinha fraldas, que se iria esquecer do sucedido passados 40 minutos, e que mesmo que chegasse ao lar e contasse isto aos amigos eles também se iriam esuqecer ou então não seriam levados a sério!

Da próxima vez que entrar em sentido contrário sigo o mais rapidamente possível por essa faixa até estar a salvo de olhares recriminadores. E palavra de honra, se alguém me vier dizer que estou em contramão, olho incredulamente para o lado oposto e finjo que acabei de ver uma macaca anã a saltar entre dois postes de electricidade. É estúpido mas sai definitivamente mais barato do que a brilhante ideia dos 20 euros...

2 comentários:

Carlos disse...

e eh he heh!!!!

Ricardo disse...

Hoje vou ficar por aqui que amanha é dia de escola e dia de caminhar para Gouveia. Sabias que o Grupo Desportivo de Belas tem atletas no Downhill. Pois é muito bom. Isto está a crescer...